A COMPULSÃO NÃO É O FIM!!!!



Eu me lembro da dor. Cheguei a chorar de desespero. Em 2010, estava 5 Kg mais magro. Havia emagrecido para o meu casamento, com muito esforço. Estava com 24 anos, e desde os 11 com Compulsão. Realmente, achei que tinha conseguido me livrar deste mal.
.
Casei em Dezembro de 2010!! Foi excelente, foi maravilhoso!! E em Janeiro de 2011 estava com 6Kg a mais. Em fevereiro atingi 8 Kilos a mais. Ou seja, depois de muito tempo sem compulsão, recaí por 3 meses, sem conseguir controlar a mim mesmo naquela mudança de rotina. Não sabia mais o que fazer.
.
Eu já sabia de tudo, estava indo tão bem, mas recaí.  A gente é ser humano, a gente passa por recaídas. A dor era tão forte, me sentia fracassado. Em meus pensamentos só haviam aqueles: "Como fui deixar isto acontecer comigo de novo", "Você estava indo tão bem", "Você nunca vai conseguir", "Acho que não tenho jeito mesmo"... A autoestima já fazia aniversário de óbito.
.
Porém, aprendi que não posso desistir de mim. Que mesmo que recaia 1000 vezes, vou me levantar pela milésima primeira vez. Ainda que aparentemente fracasse, a maior atitude de amor por mim mesmo é #continuar.
Se você está vivendo isso, quero lhe dizer:
.
1- Não se maltrate com pensamentos, nem palavras: Isto vira um padrão automático de autodestruição que pode levar anos para conseguirmos superar.
.
2- Busque terapia: Você receberá ferramentas e meios para lidar com todo o aspecto emocional por detrás da compulsão.
.
3- A compulsão não é um fim, mas um reflexo da maneira pesada e ansiosa que lidamos com a vida e conosco mesmo.
.
4- Não é emagrecer. É a pessoa que se torna leve e apta o suficiente para fazer escolhas saudáveis e se alimentar bem.
.
5- Não é pelo chicote, é pelo amor. Desenvolva um olhar mais incentivador de si mesmo.
.
6- Não tem cura, mas tem controle. Precisamos nos preparar, pois teremos que controlar isto para o resto da vida. Melhor escolher a dor do controle do que a dor do descontrole.
.
7 - Aprenda a vibrar pelas suas pequenas conquistas.
.
Ter a @menteemforma é primordial no processo. Eu conheço a sua dor e por isso lhe digo: "Você não é a sua compulsão". Não desista, não se entregue. Você é uma vencedora!  -

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.