O JEJUM INTERMITENTE PODE TE MANTER JOVEM POR MAIS TEMPO!!!

UM ESTUDO DA UNIVERSIDADE DE HARVARD EXPLICA COMO ISSO ACONTECE

O jejum intermitente mantém uma parte da célula que influencia muito o envelhecimento mais saudável, por mais tempo, prolongando a vida




O jejum mantém a parte da célula, as mitocôndrias, num estado que previne o envelhecimento

A nova descoberta de como este efeito anti-envelhecimento funciona poderia ajudar os cientistas a desenvolver terapias para prevenir doenças relacionadas com a idade, dizem os pesquisadores. 



Estudos em animais descobriram que o jejum pode estar vinculado a períodos de vida mais longos.



No ano passado, a pesquisa da Universidade de Newcastle confirmou o papel crucial das mitocôndrias não envelhecidas das células humanas e, portanto, o envelhecimento de nossos corpos.




Como mitocôndrias quebram carboidratos e ácidos graxos, dando energia à célula. Por esse motivo, muitas vezes são chamados de "potências" de células. Os pesquisadores da Universidade de Newcastle descobriram que, sem suas mitocôndrias antigas, como células pareciam mais jovens.



 As mitocôndrias existem em dois estados, e quando estão alternando adequadamente entre estes dois estados, estão na homeostase.

Os pesquisadores de Harvard descobriram que as mitocôndrias ficam em homeostase melhor quando um organismo - em seu estudo, um verme de nematóide - tem uma dieta intermitente restrita.




Os pesquisadores também descobriram que o jejum intermitente ajudou a coordenar as atividades das mitocôndrias com peroxissomos, outras partes celulares que têm um efeito antioxidante e contribuem para a longevidade.

Esta nova compreensão de como o jejum funciona a um nível celular pode ser a chave para descobrir terapias que possam ser benéficas para prolongar a expectativa de vida e manter o corpo mais jovem.







QUER APRENDER A FAZER JEJUM??? GUIA PARA INICIANTES - clique aqui

Traduzido e adaptado por Flávia Trajano


Criadora da Fan Page e administradora do grupo : JEJUM INTERMITENTE SEM MITOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent

recentposts