JEJUM: UM MÉTODO SEGURO PARA EMAGRECER!!


O jejum não é a única terapia de emagrecimento que provoca preocupação sobre os riscos para os pacientes.

Mais recentemente, a popularidade de dietas ricas em carboidratos ricas em proteínas provocou preocupação quanto à sua segurança, tanto de especialistas médicos quanto de nutrição .


Qualquer procedimento médico comportará um risco potencial para a saúde, mas os benefícios do precisam ser pesados ​​contra os efeitos colaterais negativos do aumento de peso (por exemplo, risco aumentado de diabetes tipo 2, hipertensão ou doença cardiovascular).

Um risco à curto prazo ligado à terapia pode ser compensado pelos benefícios para a saúde à longo prazo. Por exemplo, a cirurgia bariátrica comporta um risco de morte de 0,25% e 13% de risco de complicações pós-operatórias graves, como embolia, trombose ou complicações pulmonares, conforme indicado pelo estudo de Suticidade Obesa Sueca .

No entanto, esses riscos a curto prazo são compensados ​​pelos benefícios de longo prazo (10 anos) na redução dos fatores de risco cardiovascular. Portanto, o jejum deve ser considerado no contexto moderno da gama de terapias agora disponíveis para emagrecimento.


Os riscos da obesidade e das condições relacionadas à obesidade são agora melhor documentados e, portanto, os tratamentos com riscos conhecidos mas baixos podem ser reavaliados.


QUER APRENDER A FAZER JEJUM??? GUIA PARA INICIANTES - clique aqui

Traduzido e adaptado por Flávia Trajano


Criadora da Fan Page e administradora do grupo : JEJUM INTERMITENTE SEM MITOS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.