PORQUE AS FRANCESAS SÃO MAGRAS? SAIBA SEU SEGREDO!


Por quê as mulheres francesas são MAGRAS e permanecem magras, mesmo "sem muito esforço".
 (e é muito mais fácil do que você pensa)





     As mulheres francesas parecem ter uma imensa capacidade de manter a sua forma física esbelta facilmente.   


Por anos, os franceses foram conhecidos como finos, magros e equilibrados  - tudo alcançado aparentemente sem esforço.

Ainda mais irritante, as mulheres francesas parecem ser capazes de manter a sua elegância delgada sempre, desde a gravidez até a velhice.

Então, quais são seus segredos? O Dr. Carrie Ruxton citou os cinco segredos simples que as mulheres francesas juram ser a causa do se corpo esbelto.
Mulheres francesas - como a atriz Charlotte Gainsbourg



1. Os franceses dizem "não" para os lanchinhos entre as refeições.

2. Se é carne de Bourgogne ou quiche Lorena, os franceses amam sua carne vermelha. Optam sempre po  carne de porco magra, ou cordeiro ensopado com abundância de vegetais

3. As mulheres francesas tiram o tempo para fazerem suas refeições principais e compartilham geralmente esse momento com a família ou com os amigos. Trocam o fast food para encontrarem seus colegas com uma refeição saudável.

4. Os franceses adoram cozinhar em casa e têm uma profunda rejeição com fast foods. Tente cozinhar em casa a maioria das noites da semana, mesmo se é um prato simples, e manter distância de abundâncias gastronômicas.




5. As mulheres francesas comem muito mais frutas e legumes do que as britânicas. Pelo menos cinco porções por dia ( frutas frescas, congeladas, secas).Sophia Thomas, uma britânica de 25 anos que passou quatro anos estudando na França, disse: "Onde quer que você olhe em Paris, há mulheres bonitas e magras.

"Seja em cartazes de moda ou do outro lado da rua, você não pode escapar dessa visível perfeição.
 No entanto, parece que vai levar anos para se livrar dessa imagem glamourizada das mulheres francesas, então eu acho que vou passar recusar o  croissant e chocolate quente!


Artigo original (AQUI)

Traduzido e adaptado por Flávia Trajano
Edição de Imagens: Flávia Trajano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent

recentposts