POR QUE MINHA DIETA NÃO FUNCIONA???


Você sabia que emagrecer, queimar calorias como energia ou armazenar como gordura é um processo rigidamente controlado por hormônios???
 Quando comemos, calorias entram, calorias saem. Se vamos queimar essa energia através do nosso metabolismo basal ( energia utilizada para órgãos vitais e produção de calor, etc)  ou através de exercícios físicos.





O que controla esta decisão? Nós todos podemos concordar que o principal hormônio envolvido é a insulina. Quando comemos, a insulina sobe, simples assim!

Observe que a insulina não responde às calorias de forma igual. Algumas calorias (pão branco) vai aumentar a insulina muito, e outros (manteiga) não vai aumentar a insulina quase nada. Este deve ter sido o primeiro indício de que as calorias não são a linguagem comum de ganho ou perda de peso.


 "O corpo não tem receptores de calorias e não tem nenhuma forma de medir calorias".



Considere dois alimentos que possuem valores calóricos iguais - um prato de biscoitos - contra uma salada com azeite de oliva com salmão. 










Assim que você come, a resposta metabólica do corpo é completamente diferente e facilmente mensuráveis. Um irá aumentar a insulina muito, e o outro não. Então, por que fingir que o corpo se preocupa com calorias. Isso é como dizer que os alimentos que são azuis são os mesmos - se são mirtilos ou Gatorade de framboesa azul .




Uma vez que comemos mais naquele momento do que pode ser usado pelo corpo, um pouco dessa energia do alimento é armazenado como glicogênio ou gordura. Este é o papel da insulina. 

Ela armazena a energia do alimento através dos processos de síntese de glicogênio e de novo lipogênese (confecção de nova gordura no fígado).

Quando paramos de comer, a insulina começa a cair. Este é o primeiro sinal para o corpor parar de armazenar a energia do alimento. À medida que continuamos a jejuar (por exemplo, durante a noite), utilizamos um pouco dessa energia armazenada para alimentar o nosso metabolismo. Caso contrário,  você iria morrer durante o sono, o que obviamente não acontece.

Voltando à teoria de calorias, O corpo quer queimar 2000 calorias para manter-se funcionando.

 Então o que acontece quando decidimos perder peso?


Seguindo a teoria tudo o que você precisa fazer é reduzir suas calorias, certo??
 Você não precisa se preocupar com o que você está comendo, porque "tudo se resume a calorias". Portanto, comer uma caloria reduzida, baixo teor de gordura, dieta rica em carboidratos, os níveis de insulina permanecem elevados, mas as calorias estão baixas. 


Ao reduzir a sua ingestão para 1200 calorias por dia. Se a insulina continua elevada, você não pode vai queimar seus depósitos de gordura. 
Por quê? Como a estratégia de dieta que você está usando (redução calórica como principal) só se preocupa com calorias reduzidas, e não em reduzir a insulina.

Lembre-se que a insulina alta está dizendo ao corpo para armazenar energia na forma de gordura, ou pelo menos, não queimar gordura (inibe a lipólise).

Então, como você reduziu a sua ingestão calórica para 1200 calorias  o corpo é forçado a reduzir seu metabolismo para apenas 1200 calorias.  O metabolismo mais baixo significa que você vai sentir frio, cansado e com fome. Pior ainda, o peso em efeito sanfona, e, em seguida,  você vai ver que não vale a pena, você começa a comer mais, digamos 1400 calorias pensando que ainda não suficiente, hormônios da fome são aumentados porque o corpo quer queimar 2000 calorias. 


 O que acontece quando você usa estratégias alimentares que, em que o alvo seria baixa insulina?
Low carb alto teor de gordura (LCHF), a dieta cetogênica  e o  JEJUM INTERMITENTE. O que acontece?
Lembre-se, o corpo realmente quer queimar 2000 calorias por dia. Se a insulina é baixa, então o corpo pode obter sua energia a partir de reservas de gordura, bem como alimentos. Curiosamente, a fome é diminuídA com a dieta cetogênica. Muitas pessoas dizem que só querem comer 1000 calorias porque se sentem satisfeitos. Mas eles não sentem o metabolismo lento porque o corpo está recebendo os outros 1000 calorias provenientes de gordura do seu corpo.

O efeito é ainda mais impressionante com o jejum.


 Nós colocamos mais de 1000 pessoas em jejuns de várias durações. Muitos deles se arrastavam, não tinham energia para nada. 

Após jejum, sua energia é incrivelmente aumentada. Mas, apesar disso, eles relatam que o seu apetite diminuiu para apenas 1/3 do que era anteriormente. Eles muitas vezes me dizem que pensam que o seu estômago encolheu.

 Mas se as pessoas estão comendo menos, porque elas sentem menos fome e, em seguida, perdem peso, isso é ótimo. Porque estamos agora a trabalhar com o corpo, em vez de combatê-lo. Com dietas de redução calórica, as pessoas constantemente lutam contra a própria  fome. 


Aqui, as pessoas estão se afastando de alimentos por vontade própria. Uma vez que a insulina foi reduzida.


Dr Jason Fung

Tradução e revisão das imagens: Flávia Trajano

Um comentário:

  1. muito bomn artigo... partilhado no grupo
    https://www.facebook.com/groups/emagrecer.portugal/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.