COMECE AOS POUCOS, DEVAGAR! - MEDO DO JEJUM -



O medo é uma das principais causas de bloqueio! 

Uma das maiores barreiras ao  tentar inserir um novo hábito no nosso dia a dia são as barreiras e bloqueios mentais. Principalmente tratando-se de temas que vão contra  às regras da maioria das pessoas ( comer de 3 em 3 horas por exemplo). 

O medo é uma das principais causas de bloqueio. Quando criamos uma nova alternativa para combater nossos medos, ou seja começamos praticar exatamente aquilo que mais tememos  o cérebro cria uma alternativa neutra à ansiedade esperada, aprendendo que está tudo bem. Podemos forçar nosso cérebro a substituir memórias de medo por memórias positivas, quando experimentamos os sintomas sem aquele "PÂNICO" o cérebro passa por uma reestruturação cognitiva, traduzindo começamos a perceber que o nosso medo não tem tanto fundamento lógico.



Se você se interessa pela ideia de praticar o jejum mas tem algum receio, medo ou bloqueio , você não tem que  começar como um monge que passa muitas horas sem comer, mas ir testando seus próprios limites aos poucos, respeitando os seus parâmetros de fome intensa, ansiedade etc...Eu iniciei aos poucos: dando um tempo maior entre uma refeição e outra (ainda intrigada com a ideia de comer de 3 em 3 horas mesmo sem fome).  
Se o jantar era normalmente às 19:00, eu estendia para às 20:00.. No dia seguinte, às 21:00. 

E assim por diante. Mesma ideia com café da manhã. Tente comer meia hora ou uma hora mais tarde do que o normal.

 Nossos hormônios do apetite são treináveis, e eles estão em grande parte impulsionados por nossos hábitos. 

Eles nos fazem sentir "FOME" quando esperamos estar com fome. Se nós temos o jantar todos os dias pontualmente às 19:00, podem  ter certeza que nossos hormônios reguladores da fome irão começar a disparar por volta das 6:30.Assim,  você pode "treinar" os hormônios do apetite para se ajustarem lentamente. A partir de minhas experiências em jejum, parece que, em muitos aspectos, os hormônios são tão "treináveis", como qualquer outra habilidade.Como todo novo hábito, você melhora sua performance com a "prática" e isso não acontece do dia para a noite!

Lembrando que em alguns casos médicos, pessoas com determinadas doenças, não devem praticar o jejum sem o acompanhamento do seu médico e nutricionista.



QUER APRENDER MAIS SOBRE JEJUM?? GUIA PARA INCIANTES!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.